terça-feira, 27 de julho de 2010

Perfeitas!

É incrível como os dias tem passado com uma velocidade tão grande que as vezes penso que estou perdendo uma cena, um capítulo ou quem sabe o espetáculo inteiro? rss

Nessas horas é sempre bom ter a mão bons livros para leitura, boa música e quem sabe uma boa companhia?! Nem que seja de uma garrafa de vinho! ;)

Frases para não esquecer nunca!











segunda-feira, 26 de julho de 2010

Sabedoria ;)

Escrito por Regina Brett, 90 anos de idade, assina uma coluna no The Plain Dealer, Cleveland, Ohio

"Para celebrar o meu envelhecimento, certo dia eu escrevi as 45 lições que a vida me ensinou.
É a coluna mais solicitada que eu já escrevi." Meu hodômetro vai passar dos 90 agora em agosto, portanto aqui vai a coluna mais uma vez:

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo, pequeno .
3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.
4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.
5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.
6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.
7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.
8. É bom ficar bravo com Deus. Ele pode suportar isso.
9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.
10. Quanto a chocolate, é inútil resistir.
11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.
12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.
14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe; Deus nunca pisca.
16. Respire fundo. Isso acalma a mente.
17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.
18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.
19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.
20. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.
21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chic. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.
23. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você..
26. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras 'Em cinco anos, isto importará?'
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo de todo mundo.
29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo..
31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.
32. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.
33. Acredite em milagres.
34. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.
35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.
36. Envelhecer ganha da alternativa -- morrer jovem.
37. Suas crianças têm apenas uma infância.
38. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.
39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.
40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de volta.
41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.
42. O melhor ainda está por vir.
43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.
44. Produza!
45. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente
.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

É no que acredito :D



Girassol - Toni Garrido

A favor da comunidade
Que espera o bloco passar
Ninguém fica na solidão
Embarca com suas dores
Pra longe do seu lugar

A favor da comunidade
Que espera o bloco passar
Ninguém fica na solidão
O Bloco vai te levar
Ninguém fica na solidão

A verdade prova que
o tempo é o senhor
dos dois destinos
dos dois destinos
já que pra ser homem
tem que ter a grandeza
de um menino de um menino

No coração de quem faz a guerra
nascerá uma flor amarela
como um girassol
como um girassol
como um girassol... amarelo! amarelo!

Todo dia, toda hora
na batida da evolução
A harmonia do passista
vai encantar a avenida
e todo o povo vai sorrir, sorrir, sorrir.
e todo o povo vai sorrir.

A verdade prova que
o tempo é o senhor
dos dois destinos
dos dois destinos
Já que pra ser homem
tem que ter a grandeza
de um menino de um menino

No coração de quem faz a guerra
nascerá uma flor amarela
como um girassol
como um girassol
como um girassol... amarelo! amarelo!
como um girassol
como um girassol... amarelo! amarelo!

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Fechado! Estamos em obras! rsss



Voltaremos em breve com novidades na formatação!
Ao menos um reloginho novo! :)

Um final de semana sem fazer nada! :)

Esse final de semana foi diferente! Pratiquei o exercício da vida normal - De gente normal!
E como rendeu!


Graças a chuva, assisti três filmes e fiquei 48 horas sem sequer ver a rua a não ser de vez em quando pela fresta da janela! rss
A todo momento agradecia o fato de ter conseguido entrar e sair do meu trabalho sem que a chuva tivesse me atrapalhado. Mas era ainda sexta-feira e o final de semana estava apenas começando... e a sessão pipoca também! rss


O primeiro:

Lu para mim: já assistiu Patch Adams?
Eu: acho que não! (dificilmente lembro dos filmes pelos títulos).
Enfim...resolvi que mesmo se tivesse assistido, queria ver de novo.
Foi maravilhoso. Amei! pena que não podemos sentar algumas pessoas, amarrar e só soltar quando entenderem a real mensagem do filme. Pena...





O segundo foi Avatar!


Muitos poderiam dizer que o filme é "bobo", "fantasioso", mas eu posso garantir que servia bem para algumas aulas sobre civilidade para algumas pessoas que conheço.
Aonde vamos parar com essa ambição desenfreada? aonde a ciência irá nos levar e qual o preço que iremos pagar?
Estou viajando? então tá!



O terceiro filme:



Vale pelos efeitos especiais, pelo ator (ui!) e pela fantasia!
Aafinal, viajar "na maionese" de vez em quando (só de vez em quando), pode! ;)

E, para fechar com chave de ouro, comi peixe de Arraial do Cabo na casa da Tetê!

Fala sério! foi o final de semana mais fora da programação dos últimos tempos mas que deu super certo! Adoro. rss

Boa semana a todos!



domingo, 11 de julho de 2010

A vida é feita de escolhas


Eu fiz a minha!

"...A paciência é o sentimento mais slow motion que cultuamos.

O fogo, a lareira, a chama da vela, a fumaça do cigarro, a tragada: a vida queima em marcha lenta.

Os domingos caudalosos. O beijo apaixonado. Tão deliciosamente arrastados... assim como as reticências...

O resto é apressado demais."

Trecho do texto “A vida em slow” de Martha Medeiros (publicado dia 11/07/10) na Revista O Globo.



terça-feira, 6 de julho de 2010

O tempo é a resposta





Resposta - Skank (Composição: Samuel Rosa / Nando Reis)


Bem mais que o tempo
Que nós perdemos
Ficou prá trás
Também o que nos juntou...

Ainda lembro
Que eu estava lendo
Só prá saber o
que você achou
Dos versos que eu fiz
Ainda espero r
esposta...

Desfaz o vento
O que há por dentro
Desse lugar q
ue ninguém mais pisou...
Você está vendo o
que está acontecendo
Nesse caderno s
ei que ainda estão...
Os versos seus t
ão meus que peço

Nos versos meus
Tão seus que esperem
Que os aceite...
Em paz eu digo que eu sou
O antigo do que vai adiante
Sem mais eu fico onde estou
Prefiro continuar distante...

Bem mais que o tempo
Que nós perdemos
Ficou prá trás t
ambém o que nos juntou...
Ainda lembro q
ue eu estava lendo
Só prá saber o
que você achou...
Dos versos seus t
ão meus que peço
Dos versos meus t
ão seus que esperem
Que os aceite...
Em paz eu digo que eu sou
O antigo do que vai adiante
Sem mais eu fico onde estou
Prefiro continuar distante...

Desfaz o vento
O que há por dentro d
esse lugar
Que ninguém mais pisou...
Você está vendo o
que está acontecendo
Nesse caderno s
ei que ainda estão...
Os versos seus t
ão meus que peço
Nos versos meus t
ão seus que esperem
Que os aceite...
Em paz eu digo que eu sou o a
ntigo do que vai adiante

Sem mais eu fico onde estou
Prefiro continuar distante...

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Respire! Acalme-se!


PACIÊNCIA
(Arnaldo Jabor)

Ah! Se vendessem paciência nas farmácias e supermercados... Muita gente iria gastar boa parte do salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia.
Por muito pouco a madame que parece uma 'lady' solta palavrões e berros que lembram as antigas 'trabalhadoras do cais'... E o bem comportado executivo? O 'cavalheiro' se transforma numa 'besta selvagem' no trânsito que ele mesmo ajuda a tumultuar...
Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da vizinha é um tormento, o jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma chata, o marido uma 'mala sem alça'. Aquela velha amiga uma 'alça sem mala', o emprego uma tortura, a escola uma chatice.
O cinema se arrasta, o teatro nem pensar, até o passeio virou novela. Outro dia, vi um jovem reclamando que o banco dele pela internet estava demorando a dar o saldo, eu me lembrei da fila dos bancos e balancei a cabeça, inconformado...
Vi uma moça abrindo um e-mail com um texto maravilhoso e ela deletou sem sequer ler o título, dizendo que era longo demais.
Pobres de nós, meninos e meninas sem paciência, sem tempo para a vida, sem tempo para o Espírito.
A paciência está em falta no mercado, e pelo jeito, a paciência sintética dos calmantes está cada vez mais em alta. Pergunte para alguém, que você saiba que é 'ansioso demais' onde ele quer chegar? Qual é a finalidade de sua vida?
Surpreenda-se com a falta de metas, com o vago de sua resposta.
E você? Onde você quer chegar?
Está correndo tanto para quê? Por quem? Seu coração vai agüentar?
Se você morrer hoje de infarto agudo do miocárdio o mundo vai parar?
A empresa que você trabalha vai acabar? As pessoas que você ama vão parar?
Será que você conseguiu ler até aqui? Respire... Acalme-se...
O mundo está apenas na sua primeira volta e, com certeza, no final do dia vai completar o seu giro ao redor do sol, com ou sem a sua paciência...
NÃO SOMOS SERES HUMANOS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL.
SOMOS SERES ESPIRITUAIS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA HUMANA.

Não é verdade que todos os caminhos levam a Deus.
Jesus disse EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA.
NINGUÉM VAI AO PAI A NÃO SER POR MIM.


Boa semana a todos!


sexta-feira, 2 de julho de 2010

Meu hino!

De braços abertos para a vida! Sempre...





Eu juro que tento pensar em outra música para descrever tudo que tenho vivido, sentido e o que ainda espero da vida, mas essa é perfeita demais:



Não Olhe Pra Trás - Capital Inicial
Composição: Alvin L. / Dinho Ouro Preto

Nem tudo é como você quer
Nem tudo pode ser perfeito
Pode ser fácil se você
Ver o mundo de outro jeito
Se o que é errado ficou certo

As coisas são como elas são
Se a inteligência ficou cega
De tanta informação
Se não faz sentido, discorde comigo
Não é nada demais, são águas passadas
Escolha uma estrada
E não olhe, não olhe prá trás

Você quer encontrar a solução
Sem ter nenhum problema
Insistir em se preocupar demais
Cada escolha é um dilema

Como sempre estou
Mais do seu lado que você
Siga em frente em linha reta
E não procure o que perder

Se não faz sentido, discorde comigo
Não é nada demais, são águas passadas
Escolha uma estrada
E não olhe, não olhe prá trás



Obrigada por terem me ferido tão violentamente!
Obrigada por terem sido tão bons nas mentiras!
Obrigada por terem fingido sentimentos que nunca tiveram!
Talvez eu não conseguisse ser tão realizada hoje se não tivesse sido tão ferida antes!
Obrigada por terem ficado no passado!
Foi (mais um) grande presente da vida para mim!
Que Deus dê muita luz a todos vocês, porque um dia, querendo ou não, as máscaras caem!
E aí... bem... aí já é entre vocês e Deus! ;)












quinta-feira, 1 de julho de 2010

Um dia feliz!

Eu e Lília em momentos inesquecíveis "aqui em casa"
(Peró, Praia das Dunas e Praia das Conchas)





Como é fantástica essa oportunidade que temos de fazer da vida um momento, uma emoção, um reencontro, um aprendizado a cada minuto!Hoje foi um dia cansativo como os que tenho tido: muito trabalho, muitas planilhas, aquela agitação gostosa de prazos a serem cumpridos, mas no final do expediente a recompensa perfeita: A beleza da cidade que escolhemos para viver!
Eu, Fe e Lu saímos, compramos nossa pipoquinha e fomos ver o mar! Graças a Deus o mar está recuando e em breve nossa Praia do Forte voltará ao normal!
Rimos, conversamos, contamos histórias reais (nossas e dos outros) e na ida para casa ainda fomos passeando pelo Canal!
Cansadas? ahhhhhhhhhh isso já ficou para trás. Foi um outro momento! ;)
A noite só éramos três mulheres felizes e comemorando tudo que significa para cada uma de nós termos tido a oportunidade de mais um dia de vida (ainda mais nesse paraíso).

Ontém no meio da correria parei para escrever alguns e-mails e entre eles um que me fez tão bem e eu só percebi a emoção que me causou hoje quando recebi a resposta!
Como é difícil se "libertar" quando os sentimentos não foram forjados; a cumplicidade não foi "articulada" e nem os momentos de risos, piadas no Albergue, papo cabeça regado a vinho tinto na varanda eram ensaiados! Amiga, estará para sempre no meu coração!

Não sei ainda irei cruzar com você na mesma intensidade desses meses que vivi no Albergue, mas quero que saiba que foi bom demais! Eu precisava falar isso nem que fosse por aqui! Para você e para mim mesma! rss
Mas não pense que esqueci do nosso "papo". Ainda quero ver sua "casa de viado", ir com você na Tia Doca e morrer de rir com as histórias do Cris me pedindo para fazer algo para comermos!
Hummmmmmmmm... acabei de lembrar como é bom tomar café na padaria do Marcelo e ganhar um beijo da tia! amiga, posso ir aí?! kkkkkkkkk
Enfim...
Foi bom quando foi triste;
Foi bom quando era alegre;
Foi muito bom na chegada;
Foi bom quando foi ruim na despedida!
Foi mãe quando eu precisei, se deixou ser "filha" quando quem precisava era você e assim convivemos num aprendizado constante que, espero eu, tenha tido apenas uma vírgula. Mas não um ponto! ;)

♪ "...Eu perdi o meu medo o meu medo, o meu medo da chuva
Pois a chuva voltando pra terra traz coisas do ar!
Aprendi o segredo, o segredo o segredo da vida
Vendo as pedras que choram sozinhas no mesmo lugar
Vendo as pedras que choram sozinhas no mesmo lugar
Vendo as pedras que sonham sozinhas no mesmo lugar..." ♪



Um de nossos companheiros "mais constantes" no Albergue: Raul Seixas!