terça-feira, 29 de setembro de 2009

Recordar é preciso...

Por do sol na Praia das Conchas - Peró - Cabo Frio - RJ


"A esperança de um novo dia torna belo o entardecer."

Até hoje não cheguei a conclusão do que me chamou mais atenção! Não sei bem porque essa frase me marcou tanto durante toda minha adolescência!

Não sei se era a linda imagem que enfeitava o "bege sem graça" do quadro que ficava no corredor; não sei se porque sempre me peguei nessa esperança que a frase transmite ou se simplesmente me encantava porque ficava em frente a porta do meu quarto!

O fato é que sempre que me pego precisando refletir lembro daquela frase e, principalmente daquela imagem!

Simplesmente amo o mar, o sol e, principalmente, todas as possibilidades de renovar esperanças, perspectivas, possibilidades. Hoje estou aqui... mesmo após a tarde "gris" que tivemos hoje aqui no Rio, estou fazendo um esforço fora do normal para olhar para o horizonte e ver só o quadro na parede do lar tão amado e lembrar de cada palavra que estava escrito lá. Preciso mais do que nunca e com todas as forças acreditar naquelas palavras e principalmente no que significaram para mim e continuam significando!

Seja o que Deus quiser!

domingo, 27 de setembro de 2009

Assim como são as pessoas são as criaturas!


Sr. Chico era um coroa muito falante que era porteiro de um prédio que trabalhei em São Franciso (Nit). Naquela época eu tinha o emprego dos sonhos e não sabia!

Acho que tinha tudo dos sonhos: emprego, chefe, conta bancária (baixa mas existente!), corpo (isso com certeza tinha!!!!!!!!), muitos colegas, enfim, vivia bem!

Mas, vamos voltar a falar do "véio" que hoje me inspirou nesse texto!

Ainda que eu estivesse mal humorada, preocupada, bastava pegar o "17" par ir trabalhar, seguir pela belíssima Estrada Fróes e pronto! muita coisa já melhorava.

Chegar ao prédio então e se deparar com Sr. Chico, putz, era a Glória!

Chico era daqueles coroas que sempre tem alguma gracinha para dizer! nordestino retado como só. Filho de pais mais retados ainda que ele. E eu adorava chegar no prédio e ver que o elevador não estava a minha espera... era sinal de que ao menos por alguns segundos ia aprender mais um pouquinho da vida com ele.

Sempre tinha algo para dizer: engraçado, comovente, uma frase, uma rima, mas jamais alguns segundos com ele eram segundos perdidos. E como são cada vez mais raras pessoas como Chico!

Lembro de um dia em especial que tirou para me contar mais um pouco da vida de seu pai. Chico adorava falar dele e eu percebi em sua voz e seu olhar o quanto ele admirou aquele pai!

Chico falou do pai, contou um pouco de sua vida na roça e quando eu já ia saindo - como se advinhasse o quanto eu ainda entenderia aquela frase - virou para mim e disse:

"minha filha, cuidado com a vida! você ainda vai conhecer muita gente, namorar muito, se alegrar, se entristecer, mas guarde uma frase de meu velho pai Sr. Francisco: ASSIM COMO SÃO AS PESSOAS SÃO AS CRIATURAS"

ê Chicão! sabia mesmo tudo da vida! Essa frase deve ser coisa do povo do nordeste do Brasil mesmo! rss
O Google a atribui ao "Didi". Eu como conheci pelos "Chicos" atribuo a eles! rss

Boa semana a todos!

E, se possível, de PAZ & BEM

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Dizer não é dizer sim?!



Dizer Não É Dizer Sim

Kid Abelha - Composição: George Israel/Paula Toller


Dizer não é dizer sim
Saber o que é bom pra mim
Não é só dar um palpite
Dizer não é dizer sim
Dar um não ao que é ruim
É mostrar o meu limite, é mostrar o meu limite
Pra não ter complicação
E completar a ligação
Basta sinceridade
Basta disposição
Dizer não é dizer sim
Saber o que é bom pra mim
Não é só dar um palpite
Não é preciso ficar inseguro
Não é possível concordar em tudo
Somos amigos e isso é um bom motivo
Prá gente ficar junto, pra gente ficar, gente ficar junto
Dizer não é dizer sim


Bom final de semana a todos!
Paz & Bem