sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

A fé acima de tudo! Mesmo no carnaval!




União da Ilha (1978)

"O Amanhã" (João Sérgio)

A cigana leu o meu destino
Eu sonhei bola de cristal
Jogo de búzios, cartomante
Eu sempre perguntei
O que será o amanhã
Como vai ser o meu destino
Já desfolhei o mal-me-quer
Primeiro amor de um menino
E vai chegando o amanhecer
Leio a mensagem zodiacal
E o realejo diz
Que eu serei feliz

Como será o amanhã
Responda quem puder
O que irá me acontecer
O meu destino será como
Deus quiser

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Adoro presentinhos!

Cheguei em casa ontém e deparei com esse "mimo" deixado por Mami na mesinha do meu computador. Claro que chorei! kkkkkkk
Depois de um final de semana altamente deprê (presenciado por ela) e após mais uma vez ter que levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima, esse texto diz tudo!
Afinal, como disse Mário Quintana "mui sabiamente":

"Nada jamais continua. Tudo vai recomeçar"

Se as mães são sábias, ele também não era bobo não! ha ha ha
Vida que segue! Boa quinta-feira a todos!!!


terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Aos Filhos de Capricórnio

Porque hoje eu estou mais capricórnio do que nunca!!!!!!!!!!!!!!!!!

Hoje, estava eu cá pensando com os meu botões sobre os homens!
Nem vou entrar no mérito das questões porque falar é sofrer duas vezes, mas aos poucos e graças a minha fé, superei mais uma!
Achei isso nos meus "guardados" e tem muito a ver comigo...

Madrepérola de cor, a teimosia está no ar

Signo da terra, da percussão, a dúvida não tem lugar

Signo de capricórnio, ser;

Ser como se fosse escalar a montanha negra do dia a dia não saberia sonhar

Signo da segurança total; signo da persistência e afinal na versão mais infinita do ser

Capricórnio inda precisa aprender que da estranha forma do caracol

foi que se inventou a clave de sol

Simbolismo do prazer! Tudo mágica ser!!!!!!!!!!!!!!!





sábado, 19 de fevereiro de 2011

De onde nasce o desejo de matar?

Da indiferença
Da injustiça
Do amor
Do ódio
Do sofrimento
Da dor
Da angústia
Dos desafios
Dos dissabores
Das relações passadas
...

Mas, como boa cristã, estudiosa do Evangelho segundo o Espiritismo, da mesma maneira que vem, ele vai... Aff!!!! Haja palestras! Haja evolução espiritual!


Já entendi! já lembrei...
"você vai ter que ter de paciência, o dobro que você tem de fé"
Tá bom! enquanto der, tamo junto! rs

Bom domingo a todos!

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Hoje eu acordei saudosista! muito saudosista... rss


Estive no Rio ontém muito rapidamente para resolver alguns probleminhas de rotina!
Gente... o que foi minha cara de paisagem quando vi a Cidade enfeitada para o carnaval? Levei um "susto" quando passei em frente ao sambódromo! Gente, é carnaval!!!
E como, logo eu não me dei conta disso??? nem eu entendi...
Sabe turista quando chega na Avenida Presidente Vargas e depara com tudo enfeitado e exclama aquele "óooooooo"? pois é... fui eu! kkkkkkkk

Esse ano, como todos sabem por aqui, está sendo o primeiro longe do Rio e isso quer dizer, além de outras coisas, longe do carnaval - mais uma paixão mais que declarada!
Gente, senti como se tivesse perdido parte de alguma coisa!
Lembrei da minha amiga Dani e tive vontade de gritar "pare o Mundo que eu quero descer!". Na verdade, parando só o ônibus já resolveria meu problema. rss

Mas, eu fiz uma opção e como todas que faço, eu fiz, eu banco!
Senti saudade sim! me deu uma vontade de estar no Terreirão com aqueles milhões de pessoas em sua maioria trabalhadores que ralam pacas esperando a sexta-feira para ter o direito de tomar umas cervejas sem culpa e extravasar no samba (coisa que nós cariocas somos expert! ha ha ha). Mas, eu amo cada dia mais o local que vivo e esolhi para morar. Minha Cidade é linda, a água é transparente, já me sinto quase totalmente realizada por aqui e ainda tem muita coisa legal para acontecer. Então, deu saudade sim. Mas, no carnaval, eu deixo de amar minha Cidade!
Me sinto invadida, privada de ir a praia sem surtar e acabo não me divertindo. Então, no carnaval, estarei no Rio! Vou matar a saudade do melhor jeito: vivendo o "stress" de acompanhar o Bola Preta, pegar condução lotada e beber litros de água sem ter um lugar decente para fazer xixi! Fazer o que? Tudo na vida tem seu preço. Até o amor pelo carnaval!
Espero vocês na Avenida!


*Agora, quando se tem saudade às vésperas de um carnaval, só dá ele! Canta Paulinho! Canta para me alegrar e matar a saudade que afugenta meu coração!!!!





Foi um rio que passou em minha vida - Paulinho da Viola

Se um dia, meu coração for consultado
Pra saber se andou errado será difícil negar
Meu coração tem mania de amor
E amor não é fácil de achar
A marca de meus desenganos ficou, ficou
Só um amor pode apagar
Porém! Ai, porém!
Há um caso diferente
Que marcou num breve tempo meu coração para sempre
Era dia de carnaval, carregava uma tristeza não pensava em novo amor
Quando alguém que não me lembro anunciou: Portela! Portela!
O samba trazendo alvorada meu coração conquistou!
Ah, minha Portela!
Quando vi você passar, senti meu coração apressado
Todo o meu corpo tomado
Minha alegria voltar
Não posso definir aquele azul
Não era do céu, nem era do mar
Foi um rio que passou em minha vida
E meu coração se deixou levar!
Foi um rio que passou em minha vida
E meu coração se deixou levar!

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Canto ao Pescador - Cheiro de Amor


Há anos atrás, na minha infância, por alguns minutos (que, tenho certeza para eles pareceram horas), saí dos braços de meu padrinho na Prainha em Itaquatiara - Niterói e fui levada para alto mar.
Naquela época não tínhamos os recursos de hoje e o que restou a meus pais e meus padrinhos foi o desespero e o choro pois para eles, minha vida tinha acabado alí.
Nadaram em vão a minha procura e nada!
As poucas pessoas que podiam fazer algo, ajudaram a procurar e nada!
Eu para eles, havia morrido. Tinha sido levada pelo mar!

E, para minha total felicidade e poder estar contando isso hoje a vocês - segundo palavras dos meus pais - veio uma onda "do nada" e me jogou de volta aos braços deles!
Eles contaram que quando voltei, ria horrores! estava inteira, feliz e nem "roxinha" pela água que provavelmente engoli eu estava!

Explicações lógicas? pra quê? Eu estou viva e isso é o que importa!
Minha gratidão a força da Natureza e todos que vivem no mar será sempre imensa!
*Abaixo duas singelas homenagens ao dia de hoje: Um ponto a Nossa querida Rainha do Mar - Iemanjá e uma das minhas músicas prediletas.
Axé!



Ê Iemanjá
Ê Iemanjá
Rainha das ondas, sereia do mar
Rainha das ondas, sereia do mar
Como é lindo, o canto de Iemanjá
Faz até o pescador chorar
Quem ouvir a Mãe D'Água cantar
Vai com ela pro fundo do mar
Iemanjá
Iemanjá é
Rainha das ondas, sereia do mar
Rainha das ondas, sereia do mar





Odôiá!!!